30: [ Anúncio Bloqueado ]

A propaganda online vai acabar? Os produtores de conteúdo online vão todos morrer de fome? O que, diabos, aconteceu para causar o pânico súbito e generalizado entre a imprensa de tecnologia e críticos da comunicação em relação a algo que já existia há tanto tempo quanto bloqueadores de anúncios digitais? Uma dica: tem algo a ver com frutas. 

Essa semana, então, dedicamos mais da metade do 20 Centavos para falar sobre o desespero de produtores de conteúdo diante da liberação, por parte da Apple, dos bloqueadores de anúncio no sistema operacional do iPhone e iPad. De certa forma, uma continuação mais aprofundada em uma parte do assunto que tratamos lá no nosso episódio 18, ao falar de formas de remuneração para produtores de conteúdo. 

Além desse papo que junta um pouco da profissão do Solon (publicitário) com a do Jorge (desenvolvedor), a primeira parte desse episódio foi dedicada a responder e comentar alguns comentários de ouvintes das últimas duas semanas. Voltamos à venda de órgãos, à crise política e econômica, e a questões um pouco mais perenes de nossas conversas como modelos políticos e éticos. 

Acabamos ficando um pouco acima do nosso limite ideal de 60 minutos, mas tivemos uma conversa um pouco mais solta e menos estruturada que de costume, que talvez faça o tempo passar ainda mais rápido que de costume. Deem o play, sigam os links e vejam se estamos certos. 

Comentários dos ouvintes (de 0:32 até 31:28)

  • Adolescente chinês vende rim para comprar iPhone e iPad (O Globo)
  • Poor Economics, livro que mostra as reais prioridades dos pobres quando se trata de dinheiro.
  • SP vai transferir mais de 1 milhão de alunos para dividir escolas por séries (Folha de S. Paulo)
  • Professores pelegos dão "aula de baderna" queimando livros em São Paulo (Políbio Braga)
  • Sobre os professores grevistas de SP queimando livros (Livros e afins)
  • É justo uma empresa subir preço de um remédio em 5000%? Seu presidente defende que sim (BBC)
  • Generic Drug Regulation and Pharmaceutical Price-Jacking (Marginal Revolution
  • ONG apresenta recurso para reduzir preço de tratamento contra hepatite C (G1)
  • O que fazer com a dívida do governo federal brasileiro? (Instituto Mises
  • Should we really behave like economists say we do? (Freakonomics Podcast)

Bloqueadores de anúncios (de 31:33 até 1:11:15)


CONVITE: Participe do II Fórum Liberdade e Democracia de São Paulo, promovido pelo IFL-SP e que contará com palestrantes como David Friedman e Abílio Diniz. Será no dia 19 de outubro, em São Paulo, no Teatro Renault. Ouvintes do 20 Centavos que escreverem para nós concorrem a 5 ingressos VIP.

DICAS:


Continue a conversa conosco no Twitter ou no Facebook, ou então mande um email para comentarios@20centavos.net.

Para nos ajudar a fazer do 20 Centavos um projeto sustentável, doe qualquer quantia pelo Patreon. Obrigados!

 

22: Eu Queria ser uma Mosquinha

Em semana de muitos – e interessantes – comentários, hoje temos um episódio com um só assunto: o impacto dessas pequenas máquinas voadoras chamadas de drones em uma série de conceitos legais e nos nossos costumes. Como fica o direito à privacidade? À propriedade? Como a notícia que inicia nossa conversa, é aceitável dar tiro em drones que entrem na sua propriedade?

Follow-up de comentários (0:32 até 22:13)

Drones (22:18 até 52:09)

20: Desconto Hiperbólico

Sabe onde vende o Playstation 4 mais caro do mundo? E o iPhone 6 mais caro do mundo? Sim, no Brasil, onde continuarão sendo os mais caros do mundo - entre outros tantos eletrônicos com menos espaço na mídia -, já que o país decidiu não se juntar a 80 outros signatários em um acordo da OMC para cortar impostos de importação sobre esse tipo de produtos. Possível má notícia para o país, mas boa notícia para a pauta desse podcast, onde virou o primeiro assunto da semana.

Seguindo a temática "Estado atrapalhando nossa vida em nome de um bem maior" e já dando uma prévia de assunto da próxima semana, na segunda parte comparamos propostas de taxação sobre refrigerantes e sobre combustíveis, e o que existe por trás desse tipo de legislação: o viés cognitivo conhecido como "desconto hiperbólico". 

Por essa semana é só, um episódio um pouco mais curto que o de costume, mas com os mesmos vários links de sempre. 

Comentários (0:31 até 8:54)

Acordo de livre comércio de eletrônicos (9:00 até 27:49)

  • Acordo elimina tarifas para eletrônicos em 80 países, mas Brasil resolve ficar fora (Infomoney)
  • Brasil "faz a egípcia" para acordo global de isenção tributária de eletrônicos (Época)
  • Fréderic Bastiat (Wikipedia)
    • Livro "O que se vê e o que não se vê” (francês, inglês e espanhol)
    • Livro com resumo de vários textos em português, editado pelo Instituto Mises Brasil (download gratuito ou comprar em papel)
  • David Ricardo, que explica as vantagem da especialização do trabalho
  • Uruguai vira polo de serviços para a região (Valor Econômico, via NTC & Logística)
  • Acordo sobre comércio mundial é a 1ª vitória do brasileiro à frente da OMC (G1, em 2013)

Limites do Estado Babá (27:51 até 44:24)

  • O imposto do refrigerantes mexicano está funcionando. Os Estados Unidos deveriam aprender com isso. (Wired, em inglês)
  • O Estado Babá, livro de David Harsanyi (em português, sob encomenda: Cultura, Travessa; em inglês: Amazon)
  • Desconto hiperbólico (Wikipédia)
  • Limites para consumo de combustível podem salvar o clima? (Economist, em inglês)
  • "Para combater as mudanças climáticas" (Jeffrey Sachs, no Ciência em Pauta)