48: Pornô Orgânico

Como seria de se esperar, dado nosso posicionamento claro em relação a um assunto com tanto potencial para polêmica na semana passada, a primeira parte deste episódio é dedicada a responder a alguns comentários e esclarecer ou expandir alguns pontos relacionados a eles.

Seguindo na constante batalha contra o monotema, no segundo bloco acabamos trazendo outro assunto da política americana que tem ligação com muitas questões brasileiras, bem como tópicos que volta e meia reaparecem por aqui, como privacidade e limites do governo e suas agências.

E, inevitavelmente, acabamos passando por algumas tangentes e assuntos periféricos. Assim, não deixem de conferir os links aí embaixo, especialmente caso pareça que estamos referenciando algo que não sabem do que se trata. Depois, a caixa e o formulário de comentários seguem mais do que abertos às suas opiniões e considerações.

Comentários sobre o episódio 47 (de 0:32 a 25:31)

Leis para proteger os atores pornôs têm efeito contrário (de 25:34 a 45:36)


A música de hoje é do esquete Internet is for Porn do musical Avenue Q.

Continue a conversa conosco nos comentários, ou pelo email comentarios@20centavos.net. E não deixe de nos acompanhar no Facebook e no Twitter.

Para nos ajudar a fazer do 20 Centavos um projeto sustentável, você pode doar qualquer quantia pelo Patreon. Obrigado!

38: Alguém Pense nas Crianças

Polícia, paraísos fiscais, saúde das crianças. Podia ser o argumento de algum péssimo filme hollywoodiano, mas é só o 20 Centavos dessa semana. Um daqueles episódios mais curtos, com comentários rápidos sobre notícias que achamos que não mereceram a devida atenção em meio a discussões mais importantes e emocionais nas últimas semanas, mas que ainda assim podem render uma boa conversa.

Dê o play, siga os links e não se furte de comentar, reclamar ou sugerir através de quaisquer dos canais possíveis. 

STF autoriza polícia a invadir domicílios (0:32 a 10:34)

  • Polícia pode entrar em residências sem mandado, decide STF (Justificando)
  • Bebê entra em coma após granada jogada pela Swat atingir seu berço (Extra)
  • Câmera na viatura: uma arma contra os maus policiais (Veja)
  • Mais um PM suspeito de participar da chacina de Osasco e Barueri é preso (EBC)

Lei que incentiva a repatriação de valores do exterior (10:38 a 27:01)

  • Câmara conclui votação e exclui políticos de regras de repatriação (G1)
  • PSDB promete obstruir projeto de repatriação de recursos (Valor Econômico)
  • MPF envia ao Congresso nota técnica contra projeto de repatriação de recursos (UOL Notícias)
  • Verbete na Wikipedia em português sobre paraíso fiscal
  • Verbete na Wikipedia em inglês sobre o IRS Targeting Controversy

Publicidade infantil (27:02 a 43:33)


Continue a conversa conosco nos comentários, ou pelo email comentarios@20centavos.net. E não deixe de nos acompanhar no Facebook e no Twitter

Para nos ajudar a fazer do 20 Centavos um projeto sustentável, você pode doar qualquer quantia pelo Patreon. Obrigado!

12: Julgadores de Facebook

Depois de quase duas semanas do Solon encarando problemas de saúde, conseguimos voltar as gravações ao seu ritmo normal (talvez, ainda, com uma ou duas tossidas ao longo do processo). Assim, hoje é mais uma quinta-feira de 20 Centavos, dessa vez começando pelo primeiro caso de sugestão de assunto por um ouvinte: as recentes reviravoltas envolvendo STF, Congresso e Planalto em torno do sigilo dos contratos de financiamento do BNDES.

Na segunda parte, trouxemos do Facebook do Jorge para um ambiente mais propício a isso uma discussão que parte da lamentável morte de um médico no Rio de Janeiro, esfaqueado enquanto andava de bicicleta na Lagoa, e passa por questões como responsabilidade penal, livre arbítrio e até mesmo o Rolex do Luciano Huck. Podemos garantir que foi mais interessante e frutífera do que a versão por comentários no Facebook.

(Uma dica: caso alguém tenha problemas com os paywalls de algum site pedindo cadastro porque você estourou o limite de artigos gratuitos do dia, use o excelente encurtador naofo.de. Além de servir para evitar dar cliques em links que porventura não se goste - que incentivem algum tipo de violência, por exemplo - ele acaba servindo para ter acesso a esse tipo de texto sem precisar criar cadastros ou coisa que o valha.)

O sigilo nos contratos do BNDES (de 0:32 até 17:28)

Quem são as vítimas da violência? (de 17:31 até 53:42)

P.S.: Até onde pudemos pesquisar, de fato não existe possibilidade de julgar um menor de 18 anos como adulto, no Brasil, ao contrário do que o Solon sugere em algum momento da conversa. 

 

11: Coletivo de Jabutis

Sim, estamos atrasados. Acontece que uma das tantas dificuldades envolvidas na produção de um podcast, mesmo um tão simples quanto o nosso, é a necessidade de ter voz. E durante essa semana, uma laringite acabou com a do Solon. Por isso, só conseguimos gravar nessa última sexta-feira - e ainda assim, no mínimo vocês poderão notar algumas tosses ao longo da conversa.

Mas dizem que antes tarde do que nunca. Então, aqui está nosso episódio 11. Como sempre, abaixo os assuntos tratados e os links relacionados. Além disso, queríamos deixar registrado nosso agradecimento à Camila Gadelha por ser a primeira patrona de nosso podcast, através de nossa página no Patreon

Como esperado, o Senado aprovou a indicação de Luiz Edson Fachin para o STF (de 01:18 até 25:48)

Os jabutis do Congresso (de 25:52 até 35:39)

  • Medida Provisória 668 / 2015 (Câmara Federal)
  • Câmara terá reforma e shopping bilionários; veja detalhes (Exame)
  • Câmara aprova aumento de imposto sobre bebidas importadas (Estadao)
  • ‘Eu mesmo não sei o que é atividade fim e atividade meio’, diz ministro do Trabalho (Estadao)

O "envergonhamento público" de Alexandre Padilha (de 35:42 até 48:55)

  • O vídeo do ocorrido
  • Insultado em restaurante, Padilha afirma que clima é de intolerância (Folha)
  • Resposta de Padilha, em sua página no Facebook
  • Exemplos do nível da discussão gerada. De um lado, Augusto Nunes (blogueiro na Veja): “Um brasileiro indignado estragou o almoço do ex-ministro Alexandre Padilha: ‘Ele nos brindou com gastos de 1 bilhão que nós todos aqui, otários, pagamos até hoje’”. De outro, Eduardo Guimarães: “Além de mesquinho, endinheirado que agrediu Padilha é incompetente”.