24: Borboletas Psicodélicas

Episódio 24. Dois gaúchos. Borboletas psicodélicas. Significa? Pois saibam tratar-se de um famoso logradouro na cidade de São Paulo. A razão para o título está na segunda parte do 20 Centavos dessa semana, em que falamos da proposta do prefeito Fernando Haddad para mudar o nome de ruas, viadutos, praças e assemelhados que façam menção a datas ou pessoas ligadas à ditadura militar e o golpe de 64.

Antes disso, mas ainda em nota um pouco relacionada, resolvemos falar sobre um assunto que parece ter passado um pouco por baixo do radar na última semana, que foi a aprovação pela Câmara dos Deputados da lei antiterrorismo. Assunto sempre complexo, e um projeto de lei, na nossa opinião, repleto de espaço para abusos.

Essa semana, também, gostaríamos de chamar atenção para dois pontos significativos. Primeiro, e mais importante, gostaríamos de pedir encarecidamente a todos os nossos ouvintes que percam uns 2 ou 3 minutinhos para responder uma pesquisa que fizemos para ter uma ideia um pouco melhor do perfil de quem nos ouve. É só clicar aqui, responder quaisquer das 11 perguntas que achar adequado e nos enviar. Não pedimos email, nome, CPF nem nada do tipo. 

Segundo, e enfim, essa parece ser a primeira vez que conseguimos fazer um episódio onde TODOS os links abaixo são em português. Como já dissemos outras vezes, a gente sempre se esforça para evitar de usar referências em outras línguas, então estamos felizes com essa conquista. 

Agora, solta o play e seguem os links. 

Comentários (0:31 até 2:38)

Lei Antiterrorismo (2:44 até 33:10)

  • Página do Projeto de Lei 2016/15
  • Câmara aprova texto-base que prevê 30 anos de prisão para terrorista (G1
  • Texto do deputado Alessandro Molon (PT/RJ) explicando sua votação
  • Em 2006, onda de ataques amedrontou São Paulo; relembre (iG)
  • Verbete da Wikipedia sobre as FARC
  • Manifestações populares não serão enquadradas como terroristas, garantem parlamentares (site da Câmara dos Deputados)
  • PF investigará ataque com bomba a Instituto Lula (Folha de S. Paulo)
  • Ataque contra o Ashley Madison sinaliza novos crimes digitais (IDG Now!)
    • Por sinal, gravamos antes da divulgação dos dados hackeados.
  • 1500 emails do governo brasileiro estão cadastrados no site de casos extraconjugais Ashley Madison (HypeScience)
  • Manifestantes, deputados e policiais são feridos em confronto em Brasília (Zero Hora)

Projeto "Ruas de Memória" (33:07 até 47:00)

  • Nota oficial da Prefeitura sobre o projeto 
  • Verbete da Wikipedia sobre Therezinha Zerbini
  • Haddad quer trocar nomes de logradouros que homenageiem personagens ligadas ao regime militar. É um farsante político! (Reinaldo Azevedo/Veja)
  • A Rua Adolf Hitler e outras ruas de alemães que mudaram de nome em São Paulo (SP Antiga)
  • 20 ruas com nomes curiosos em São Paulo (Veja SP)
  • "A cada 100 nomes de rua, 1 dia de folga", belo texto no Estadão sobre os estudantes responsáveis por criar uma série de nomes de ruas da cidade, nos anos 70. 
  • Saiba como nascem os nomes das ruas em São Paulo (Bom Dia Brasil)
  • Placas da nova Rua Palestra Itália são inauguradas em frente ao Palmeiras (G1)

Errata

  • A Nova República já tem 30 anos e não 20, como disse o Jorge.

16: Ativismo Bom é Ativismo Aposentado

Esta semana, conseguimos um feito talvez inédito ao discutir dois assuntos que achamos nobres, mas que não gostamos da forma como costumam ser tratados ou implementados.

Primeiro, aproveitamos a premiação, nos EUA, das iniciativas de mobilidade urbana da prefeitura de São Paulo para discutir a implementação de ciclovias e corredores de ônibus na capital paulista, e as dificuldades de se tratar o assunto publicamente. 

Depois, pulamos para uma conversa mais ampla sobre sistemas de previdência, diante do recente veto seguido de uma Medida Provisória por parte da presidente Dilma determinando o fim do fator previdenciário e a adoção de uma nova forma de cálculo para determinar quando o trabalhador poderia recolher a aposentadoria integral. 

Antes de deixá-los com os links relacionados aos assuntos, queríamos aproveitar para registrar que chegamos ao incrível - para nós, ao menos - número de 1700 assinantes de nosso humilde podcast. Mais da metade deles chegados essa semana, ou pela indicação do post do Bruno de Moura Borges, ou pelo indefectível Mamilos, que na semana passada convidou o Solon, entre outros, pra ir conversar sobre desigualdade. Sejam todos bem-vindos, sintam-se à vontade, comentem, reclamem ou sugiram, e torcemos que gostem do que ouvirem por aqui.

Ciclovias de São Paulo (de 3:09 até 30:59)

Aposentadorias (de 31:01 até 1:11:55)

 

8: Podcast Sujo

O episódio de hoje cobriu três assuntos com graus crescentes de discordância entre os apresentadores. Nos excedemos um pouco no tempo, mas trouxemos uma pequena novidade sonora na edição.

Voto Distrital (de 1:33 até 19:55)

Blogs sujos (de 20:00 até 39:55)

De Braços Abertos (de 39:57 até 1:13:53)

  • Prefeitura de São Paulo faz ação na Cracolândia e amplia o programa
  • Artigo do Huffington Post sobre a real causa do vício
  • Longa matéria (em inglês) do Malcolm Gladwell sobre a dificuldade de criar políticas públicas para problemas que envolvem questões morais, como moradores de rua e alcoólatras. 
  • Matéria da Motherboard (também em inglês) sobre um programa, em Seattle, que trata alcoólatras com estadia em um abrigo e bebidas.