12: Julgadores de Facebook

Depois de quase duas semanas do Solon encarando problemas de saúde, conseguimos voltar as gravações ao seu ritmo normal (talvez, ainda, com uma ou duas tossidas ao longo do processo). Assim, hoje é mais uma quinta-feira de 20 Centavos, dessa vez começando pelo primeiro caso de sugestão de assunto por um ouvinte: as recentes reviravoltas envolvendo STF, Congresso e Planalto em torno do sigilo dos contratos de financiamento do BNDES.

Na segunda parte, trouxemos do Facebook do Jorge para um ambiente mais propício a isso uma discussão que parte da lamentável morte de um médico no Rio de Janeiro, esfaqueado enquanto andava de bicicleta na Lagoa, e passa por questões como responsabilidade penal, livre arbítrio e até mesmo o Rolex do Luciano Huck. Podemos garantir que foi mais interessante e frutífera do que a versão por comentários no Facebook.

(Uma dica: caso alguém tenha problemas com os paywalls de algum site pedindo cadastro porque você estourou o limite de artigos gratuitos do dia, use o excelente encurtador naofo.de. Além de servir para evitar dar cliques em links que porventura não se goste - que incentivem algum tipo de violência, por exemplo - ele acaba servindo para ter acesso a esse tipo de texto sem precisar criar cadastros ou coisa que o valha.)

O sigilo nos contratos do BNDES (de 0:32 até 17:28)

Quem são as vítimas da violência? (de 17:31 até 53:42)

P.S.: Até onde pudemos pesquisar, de fato não existe possibilidade de julgar um menor de 18 anos como adulto, no Brasil, ao contrário do que o Solon sugere em algum momento da conversa.