7: De Volta ao Bazar

Hoje foi um podcast com menos divergência e mais rabugices. Nos sentimos um pouco como dois velhos jogando dominó na praça e reclamando da juventude.  

Para começar, tocamos em um assunto que, a nosso ver, está sendo discutido em termos falsos: a terceirização. (de 00:32 até 24:45). Será mesmo que os trabalhadores podem ser prejudicados? Será que, ao regular esse assunto, o governo não estaria nos condenando a um crescimento pífio da produtividade?

Em seguida, entramos em um tema que mexe muito com o senso comum de justiça, que é a discriminação de preços. Embora seja ponto pacífico entre os economistas que esse é um fenômeno que, ao mesmo tempo, melhora a alocação de recursos e o bem-estar das pessoas – em especial das mais pobres – quando são cobrados valores diferentes de cada um pelo mesmo produto ou serviço, uma luzinha vermelha dizendo "injustiça" acende nas cabeças de todos nós. (de 24:45 até 39:21)

Para encerrar, comentamos a sugestão do juiz Sérgio Moro de encarcerar os condenados por lavagem de dinheiro logo após a sentença de primeira instância, sem necessidade de esperar o trânsito em julgado. Embora os processos judiciais que parecem não ter fim no Brasil sejam fontes de muitas injustiças, atalhos como esses podem trazer mais problemas do que soluções nos médio e longo prazos. (de 39:21 até 52:49)

  • Reclamação sobre os efeitos da Lava-Jato na economia
  • Artigo de Sérgio Fernando Moro e Antônio Cesar Bochenek recomendando a prisão imediatamente após o julgamento de primeira instância para crimes graves

Aguardamos seus comentários!