20: Desconto Hiperbólico

Sabe onde vende o Playstation 4 mais caro do mundo? E o iPhone 6 mais caro do mundo? Sim, no Brasil, onde continuarão sendo os mais caros do mundo - entre outros tantos eletrônicos com menos espaço na mídia -, já que o país decidiu não se juntar a 80 outros signatários em um acordo da OMC para cortar impostos de importação sobre esse tipo de produtos. Possível má notícia para o país, mas boa notícia para a pauta desse podcast, onde virou o primeiro assunto da semana.

Seguindo a temática "Estado atrapalhando nossa vida em nome de um bem maior" e já dando uma prévia de assunto da próxima semana, na segunda parte comparamos propostas de taxação sobre refrigerantes e sobre combustíveis, e o que existe por trás desse tipo de legislação: o viés cognitivo conhecido como "desconto hiperbólico". 

Por essa semana é só, um episódio um pouco mais curto que o de costume, mas com os mesmos vários links de sempre. 

Comentários (0:31 até 8:54)

Acordo de livre comércio de eletrônicos (9:00 até 27:49)

  • Acordo elimina tarifas para eletrônicos em 80 países, mas Brasil resolve ficar fora (Infomoney)
  • Brasil "faz a egípcia" para acordo global de isenção tributária de eletrônicos (Época)
  • Fréderic Bastiat (Wikipedia)
    • Livro "O que se vê e o que não se vê” (francês, inglês e espanhol)
    • Livro com resumo de vários textos em português, editado pelo Instituto Mises Brasil (download gratuito ou comprar em papel)
  • David Ricardo, que explica as vantagem da especialização do trabalho
  • Uruguai vira polo de serviços para a região (Valor Econômico, via NTC & Logística)
  • Acordo sobre comércio mundial é a 1ª vitória do brasileiro à frente da OMC (G1, em 2013)

Limites do Estado Babá (27:51 até 44:24)

  • O imposto do refrigerantes mexicano está funcionando. Os Estados Unidos deveriam aprender com isso. (Wired, em inglês)
  • O Estado Babá, livro de David Harsanyi (em português, sob encomenda: Cultura, Travessa; em inglês: Amazon)
  • Desconto hiperbólico (Wikipédia)
  • Limites para consumo de combustível podem salvar o clima? (Economist, em inglês)
  • "Para combater as mudanças climáticas" (Jeffrey Sachs, no Ciência em Pauta)